COMO VOCÊ VÊ O MUNDO

Uma parceria de sucesso que está levando saúde visual a escolas e instituições sociais

 

“Como você vê o mundo?” é uma parceria entre o Instituto Nissan e o Instituto Ver e Viver, braço social da empresa de lentes oftálmicas Essilor, para levar saúde visual a 17 mil pessoas em escolas públicas e projetos sociais próximos aos locais onde a Nissan atua.
 
O projeto nasceu embasado em dados estatísticos relacionados à educação e à direção segura. Segundo pesquisa do Vision Impact Institute, 22,9% da evasão infantil em escolas no Brasil ocorre por falta de correção visual, 80% do que as crianças aprendem na infância são informações captadas pelos olhos e 59% dos acidentes de trânsito no mundo estão relacionados à falta de correção visual.
 
Desde agosto de 2015, alunos, professores e funcionários que não têm acesso a exames, por falta de recurso ou de disponibilidade de oftalmologistas e óticas próximas, podem identificar problemas de visão e também corrigi-los. Além do diagnóstico, os examinados que confirmam necessidade recebem os óculos gratuitamente.
 
A ação conta com a participação de voluntários do Instituto Nissan, do Instituto Ver e Viver e de médicos da Sociedade Brasileira de Oftalmologia.
 


Etapas:

Primeira etapa: acuidade visual (triagem), feita por mutirão de voluntários
Segunda etapa: aqueles com dificuldade para enxergar são encaminhados à consulta oftalmológica, que é feita no próprio local, por meio de um consultório móvel. Sendo comprovada a necessidade de correção visual, os pacientes podem escolher as armações que desejarem
Terceira etapa: entrega dos óculos com as lentes oftálmicas adequadas. Produzidas pela Essilor e doadas pelo Instituto Nissan.
 


 
 
Em algumas escolas, alunos receberam os óculos das mãos de pessoas muito especiais: atletas e mentores do Time Nissan, programa de mentoria da Nissan a 31 atletas e paratletas brasileiros em sua caminhada rumo aos Jogos Rio 2016. Aldemir Junior (atletismo), Caio Ribeiro (canoagem paralímpica), Michele Ferreira (judô paralímpico) e os mentores Clodoaldo Silva (natação paralímpica) e Hortência Marcari (basquete) fizeram as entregas e deixaram mensagens de superação e motivação em forma de mini palestras.
 

Os encontros renderam uma websérie que mostra o mundo por outros olhos. Em quatro episódios, os atletas ajudam a contar histórias de estudantes dos Ginásios Experimentais Olímpicos (GEOs) do Rio de Janeiro, que tiveram suas vidas transformadas pelo esporte e pelo projeto.
 
Confira os episódios:
 

Teaser


 

Episódio 1 – Natação


 

Episódio 2 – Atletismo


 

Episódio 3 – Judô


 

Episódio 4 – Basquete