Educadora dos “Zezinhos” carrega Tocha Olímpica Rio 2016

25/07/2016
Tia Dag representa a Casa do Zezinho em Campinas
 
Impossível não se emocionar. Assim foi o revezamento da Tocha Olímpica na última quarta-feira pelas mãos da Tia Dag. Condutora Nissan, ela é educadora e fundadora da Casa do Zezinho, instituição parceira do Instituto Nissan. Acompanhada de sete de seus “Zezinhos”, as ruas de Campinas se transformaram em uma nova casa e ela fez questão de que cada um dos presentes nas calçadas se sentissem como um dos seus filhos.
 
“Estar do lado deles aqui e ver essa bagunça toda não tem preço. Eu não faço nada sozinha. Sinto muita gratidão por participar disso e poder representar a periferia, o Capão Redondo no revezamento. Educar é um ato de amor. Nosso trabalho tem tudo a ver com esse fogo que une e renova a vida das pessoas”.
 
Tudo começou quando na década de 70, Dagmar Riveri resolveu levar para casa sete crianças ameaçadas pela violência. De 100m² para 7 mil, hoje a Casa do Zezinho abriga cerca de 1.500 pessoas e desenvolve a “Pedagogia Arco-íris”, criada por Tia Dag e baseada no ensino de Ciências, Filosofia, Espiritualidade e Artes.
 
“É muito emocionante. Essa Tocha Olímpica vai ficar exposta na nossa casa para sempre, mas antes vamos organizar um revezamento próprio. Todas os “Zezinhos” vão conduzir esse símbolo pelas ruas do Capão e vamos espalhar essa alegria para todo mundo”.