De portas abertas para a juventude

22/06/2017
Fábrica da Nissan recebe pela 3ª vez alunos do Caju
 
Imagine se toda aula teórica se transformasse diante dos seus olhos em conhecimento prático. Os alunos dos cursos de Pintura Automotiva e Operador de Computador do “Juventude e Oportunidade” – que engloba os cursos profissionalizantes do projeto “Caju: um novo olhar” – tiveram essa chance e conheceram a fábrica de Resende na última semana. Esta é a terceira visita de alunos do projeto à planta.
 
Durante a visita, as turmas foram divididas em dois grupos que fizeram trajetos diferentes e depois se encontraram na área de Montagem. Essa dinâmica permitiu a troca de experiências entre os próprios alunos, que contaram uns aos outros os destaques da visita de acordo com seus pontos de vista.
 
depoimento José Carlos Pereira
Por cursarmos Pintura Automotiva, eles abriram uma exceção e nos deixaram entrar na área da Pintura, que costuma ser mais restrita. Ver todo o processo foi incrível porque quando a gente ouve sobre a área é uma coisa, mas conseguir ver de perto é muito interessante.” (José Carlos Pereira, aluno do curso de Pintura Automotiva)
 
 

depoimento Alex Barbosa
 
Achei todos os funcionários bem-educados e a fábrica é muito espaçosa. O que mais me chamou atenção foram os projetos ambientais que a Nissan tem. Adorei a praticidade dos prédios e a forma como a infraestrutura funciona.” (Alex Barbosa, aluno de Operador de Computador)
 
 
 
“Caju: um novo olhar” é um projeto do Instituto Nissan como ação de transformação após os Jogos Rio 2016 e conta com a parceria da Fundação Gol de Letra. Na sede da instituição, localizada no bairro do Caju, região central do Rio de Janeiro, os alunos recebem cursos profissionalizantes voltados à inclusão dos jovens no mercado de trabalho e também o ensino formal Médio e apoio ao Fundamental II e pré-Enem.